Cadastre-se ou faça login     Youtube LinkedIn Twitter Facebook Instagram

Dicas e Soluções > A importância da calibração e manutenção de equipamentos

Publicado em 18/01/2010

 

 

 

De acordo com o Vocabulário  Internacional de Termos Fundamentais e Gerais de Metrologia (aprovado pela Portaria INMETRO Nº 029/95), calibração representa o conjunto de operações que estabelece, sob condições específicas, a relação entre os valores indicados por um instrumento de medição, sistema de medição ou valores representados por uma medida materializada ou material de referência, e os valores correspondentes às grandezas estabelecidas por padrões. “De maneira muito simples, podemos dizer que "calibrar" significa colocar um instrumento de medição em condições de utilização, por meio da comparação dos valores das medições fornecidos pelo instrumento, com os valores padrão, aplicando-se quando necessário, o ajuste ou regulagem”, explica o engenheiro mecânico e gerente de Laboratório do Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Estado do Amazonas (IPEM/AM), Diego Freitas da Silva.


Segundo o especialista, a calibração deve ser realizada em todos os instrumentos de medição que tiverem influência na exatidão ou validade dos ensaios, incluindo aqueles não diretamente vinculados à medição como, por exemplo, os de controle do ambiente de trabalho ou de armazenamento de amostras, que devem ser calibrados antes de serem colocados (ou recolocados) em serviço. “Nem todo instrumento de medição necessita de calibração, o bom senso técnico deve prevalecer sempre que houver alguma dúvida, porém de modo geral, devemos calibrar aqueles instrumentos que são usados para controlar qualidade, sejam eles de clientes, próprios ou emprestados”, explica Freitas da Silva.


Os resultados da calibração do instrumento de medição, expressos em um certificado de calibração, são importantes, pois fornecem informações válidas e úteis que podem auxiliar na tomada de decisões gerenciais, como por exemplo, para correções a serem realizadas no processo de medição. Permite ainda, o estabelecimento da correspondência entre a indicação do instrumento de medição e o valor padrão. “Também pode determinar outras propriedades metrológicas, tais como os efeitos das grandezas de influência sobre a indicação, ou o comportamento metrológico de sistemas de medição em condições adversas de utilização (em temperaturas elevadas ou muito baixas, na ausência de gravidade, sob radiação nuclear, etc)”, afirma Diego. Vale ressaltar, também, outro fator fundamental, que influencia nas medições: o cuidado com a preservação da identidade e integridade do instrumento. “Isto se constitui em uma das mais importantes responsabilidades dos usuários. Sem este cuidado, qualquer resultado obtido, por mais reprodutível e preciso que seja, não poderá ser associado às características do instrumento calibrado, exclusivamente”, diz Freitas da Silva.

 

Estabelecer um programa de calibração/manutenção dos instrumentos de medição, que contemple os critérios para calibração/manutenção, incluindo os parâmetros a serem calibrados; as metodologias; as frequências e quando procedente, o laboratório ou organismo responsável pelas calibrações, são fundamentais de acordo com o especialista. “Este programa deve ser concebido de maneira tal que, sempre que aplicável, as medições feitas em laboratório, possam ser rastreáveis aos padrões de medidas estabelecidos”. A frequencia da calibração (periodicidade) deve ser estabelecida em um procedimento, sendo o critério escolhido por meio de uma série de fatores, tais como: tipo de equipamento e periodicidade estabelecida pelo fabricante; análise da tendência conforme os dados das calibrações anteriores; histórico de uso e manutenção; comparações com periodicidade de equipamentos similares; e acurácia da medida.

 

Mauro Banderali, diretor da Ag Solve, empresa especializada em instrumentação ambiental, ressalta que a escolha de um bom equipamento, já na hora da compra ou locação, garante precisão e confiabilidade, além de minimizar custos posteriores com manutenção e calibração. “São benefícios que acabam valendo o investimento”, afirma ele. Por conta destas necessidades e para oferecer soluções ambientais com alta confiabilidade a seus clientes, a Ag Solve além de comercializar e locar equipamentos para monitoramento e remediação ambiental, presta serviços de calibração e manutenção, em estações meteorológicas, medidores de gases e de parâmetros hidrológicos. Um trabalho que é essencial no uso e conservação dos aparelhos, além de facilitar e otimizar o trabalho dos profissionais a campo.

 

Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail: comercial@agsolve.com.br

Precisa de ajuda para escolher a melhor solução para sua aplicação?

Nossos especialistas podem ajudá-lo. Entre em contato.

Fale Conosco
WhatsApp